02 abril, 2010

De onde menos se espera



Esta semana, fazendo compras de supermercado, me vi sem dinheiro suficiente para pagar a conta.  Distração boba, pois achei que tinha a quantia na carteira. Como também havia esquecido de levar o cartão do banco, tive que estornar parte da compra. No entanto, tive uma grata surpresa.

A moça que estava atrás de mim na fila bateu no meu ombro e disse: “Eu pago o que está faltando. Depois você me dá” Levei um susto, pois ainda que ela estivesse me emprestando para eu devolver, fala a verdade: quem hoje, em sã consciência, oferece dinheiro para um desconhecido? Ninguém. Não resisti e perguntei: “E se eu tivesse aceito, mas fosse uma trapaceira e não lhe pagasse de volta?” Ela, simpática, respondeu: “Eu teria menos fé na humanidade, só isso”.

Pois é: a tal da fé na humanidade. Tenho um tio que costumava dizer: “Assim como são os homens, são as criaturas”. Eu sempre ria quando escutava esta frase, pois ela tem uma conotação sarcástica, de desfazer da bondade humana, supondo que o homem será sempre um ser que nasceu para decepcionar.

Será? Hoje li no jornal que a mãe da menina Isabella, morta pelo casal Alexandre Nardoni e Anna Jatobá, disse que, se pudesse, cuidaria dos filhos do casal.  Taí, na minha opinão, um outro ato de generosidade incomum. Cuidar dos filhos de quem matou a sua filha é de um despreendimento que eu espero alcançar um dia. Sério.

Outra notícia me fez voltar a acreditar que até os políticos - esta “raça” que parece vilependiar tudo que toca - podem ser melhores do que imaginamos foi a da aprovação da reforma da saúde nos EUA (considerada a maior mudança na política de saúde dos EUA em quatro décadas). Depois de um ano tentando emplacar o projeto de reforma - e sofrendo vários arranhões em sua popularidade por conta disso - Barack Obama finalmente conseguiu que os congressistas americanos aprovassem a tal reforma. Obama levou fé que os eles entenderiam a importância da reforma para o país e não se arrependeu - ainda que a vitória tenha acontecido por uma margem pequena.

Posso estar sendo otimista? Posso. Mesmo porque, de tanto só ouvir notícia ruim e trágica, hoje só me emociono quando vejo algo bom acontecendo.

E vocês...tem visto algo de bom acontecendo por aí? Manda pra cá que eu publico. Afinal, o que é bom a gente tem de compartilhar.  ;o)
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             



Noite:
- Auto da Paixão. (Lapa)
- Quiz Lunático (Jardim Botânico)
- Jazz no The Maze. (Catete)
- Oui, oui...a França é aqui! (Centro)



Manhã:
-  Expô “Quanta Energia! - Energia Nuclear” (Botafogo)

Tarde:
- Feira do Lavradio. Na Rua do Lavradio (Lapa)
- Samba do Ouvidor (Centro)
- Orquestra Sinfônica Brasileira (Centro)

Noite:
- Arthur Dutra Trio. Show com o vibrafonista Arthur Trio (Lapa)
- Dolores Duran por Ithamara Koorax.  (Centro)
- Show de Andrea Dutra (Glória)
- Cordão do Boitatá. Convidados: Marcos Sacramento, Pedro Miranda, Teresa Cristina, Mariana Baltar e Jongo da Serrinha (Lapa)



Manhã:
- Travessia dos Fortes - Maratona Aquática (Copa / Leme)
- Feira de Troca Cultural (Niterói)

Tarde:
- Orquestra Petrobras Sinfônica (Centro)

Noite:
- Companhia Estadual do Jazz (Tijuca)
- Dolores Duran por Ithamara Koorax.  (Centro)
- Dublaokê (Copacabana)


AGORA VEJA AS DICAS CULTURAIS E DE LAZER COMPLETAS CLICANDO => aqui





NOTÍCIAS INTERESSANTES


- Festival de documentários musicais In-Edit, de Barcelona, faz sua segunda edição carioca

- Diagnóstico e estilo de vida explicam aumento dos casos de câncer










ATRAÇÕES QUE EU ACHO QUE DEVEM VALER A PENA


- Oui, oui...a França é aqui! No Teatro Maison de France (5ª e 6ª ingressos mais baratos)

- Expô  “Einstein”. No Museu Histórico Nacional (a partir de 5ª feira, dia 8 de abril, até 6 de junho)








DESTAQUES-MISCELÂNEA:


- Feira de Troca Cultural. No MAC de Niterói (dom)

 - Travessia dos Fortes - Maratona Aquática. A largada é no Forte de Copacabana indo até o Forte Duque de Caxias na Praia do Leme (dom)

- 13º Rio Boat Show. Na Marina da Glória (a partir de 5ª feira, dia 8 de abril, até 14 de abril)



 


 ATRAÇÕES PARA CADA TIPO DE GOSTO:

Cinéfilos:

 - O Cinema de Eric Rohmer. Na CAIXA Cultural Rio - Unidade Almirante Barroso (até 11 de abril)






INTERATIVIDADE:


Anuncie gratuitamente:

- Algo que queira vender, comprar, alugar

Indique algum serviço que você tenha contratado ultimamente e que tenha aprovado.

 Indique alguma atração cultural ou lugar bacana que você foi assistir ou conhecer e recomenda.


Novos seguidores:

Olá, Fabio! Tomara que você goste dos próximos posts do blog. ;o)

Comentários:

Valeu pelos comentários sobre o último post, MARIA ALICE e SÔNIA SOARES!


Para se tornar seguidor deste blog, clique aqui


 
VÍDEOS INTERESSANTES


Coral virtual

Eric Whitacre inovou fez uma campanha no seu blog e perfil no Facebook pedindo para que pessoas mandassem vídeos cantando “Lux Arumque”, uma música de composição dele mesmo. Pessoas de 12 países mandaram seus vídeos
O resultado?

Clique aqui para assistir




COISAS INTERESSANTES / CURIOSAS


- Projeto promove transformação radical em três pequenas empresas

- Baila comigo algumas opções para quem quer dançar tango no Rio





AGORA VEJA AS DICAS CULTURAIS E DE LAZER COMPLETAS CLICANDO => aqui



Sugestões para melhorar o blog? Escreve pra mim: vilma@informacaodeprimeira.com.br

Aproveitem!

Vilma Goulart
Blog INFORMAÇÃO DE PRIMEIRA
www.informacaodeprimeira.com.br


 

5 comentários:

  1. Adorei a matéria!

    Muito bem escolhida para este período de Páscoa onde devemos lembrar que podemos nos transformar e nos renovar sempre.

    Como disse Scarlett O' Hara em "O Vento Levou" "eu ainda reio na bondade humana", ainda que já tenha sido chamada de ingênua várias vezes por conta disso.

    Contudo, se observemos bem, vemos vários atos que mostram que a raça humana tem salvação.
    Em uma viagem para fora do pais, pegamos um taxi no aeroporto, mas não sabíamos explicar onde ficava o hotel que tínhamos reserva e nem tão pouco o taxista conhecia.

    Depois de algumas voltas em círculo, resolvemos perguntar para um grupo que estava saindo de um restaurante, surpreendentemente eles disseram que conheciam e que nos levariam até lá.

    Perguntamos se era caminho deles, eles disseram que não, mas que não havia problema.

    Pediram que nós os seguíssemos no carro e nos deixaram em frente ao hotel, depois se despediram com um tchau e seguiram seu caminho.

    Em viagens tenho um monte de histórias como esta, desconhecidos totalmente dispostos a ajudar sem nada em troca.

    Todos nós temos os dois lados (bom e ruim) dentro de nós, mas também temos o livre arbítrio para escolhermos qual queremos seguir.

    Estou certa que no mundo existem muito mais pessoas que escolhem o caminho do bem do que o caminho do mal, porém, infelizmente, estes não vendem jornal, não aumentam Ibope e continuam no anonimato.

    Não tem problema, pois certamente fazem com o coração aberto e continuarão a fazer nos mostrando, todos os dias, que podemos muito mais.

    Como no filme "Corrente do Bem", já que iniciei com um filme, encerro com outro que vale a pena assistir.

    ResponderExcluir
  2. Me aconteceu algo parecido em uma loja, neste caso, foi um funcionário (motorista) da loja que se ofereceu para pagar a diferença. Ainda tem pessoas que se importam com os outros. Marta

    ResponderExcluir
  3. Virginia Palermo6 de abril de 2010 12:14

    Já fiz isso algumas vezes no ônibus e se não me engano, umas três vezes em supermercados. Mas as pessoas visivelmente não tinham mesmo o dinheiro. Foram quantias muito pequenas e o que recebi em troca, não tem preço! E é como você diz: vem de onde menos se espera. É sempre assim: dependemos desesperadamente uns dos outros. Todos somos elos da mesma corrente.

    Enquanto não aprendermos isso...

    ResponderExcluir
  4. Realmente é verdade: (cada vez mais) raro a gente ajudar um desconhecido.

    A história é velha, mas o senhor que faz shiatsu já deparou com uma situação parecida:
    entrou no onibus com a filha (põe tempo nisso, na época ela era uma criança que passou por baixo da roleta, hoje ela é médica...) e a menina passou por baixo da roleta.

    O pai colocou a mão no bolso e viu que tinha esquecido a carteira em casa. E agora? A menina sendo jogada pelas manobras do motorista (isso não mudou), o pai preso antes da roleta... Aí, um desconhecido ofereceu de pagar a passagem dele.

    Como ele não tem como pagar a dívida pro "moço", ele conta que, depois desse dia, sempre que ele depara com uma situação dessas, ele paga a "passagem" (ajuda) algum desconhecido.

    Parece aquele filme "Pay it Forward" com aquele ator mirim que fez o Sexto Sentido. A história é sobre um garoto que faz um trabalho na escola que, se cada indivíduo ajudasse TRÊS pessoas, o mundo seria um lugar melhor.

    E seria mesmo.

    Adorei saber da sua história. Depois de tanta coisa ruim, (e nem falo de pessoas, estou é de saco cheio do correio que nunca entrega as correspondências em dia, da NET que está uma porcaria, do... do...me animei um pouco... de repente não estamos tão perdidos assim).

    Ah, me lembrei: poucos dias antes da Páscoa, eu estava na fila do Cacau Show e a fila estava na calçada, fora da loja. Aí uma senhora passou na rua e perguntou para a moça que estava atrás de mim se era alguma doação. A moça responde: "não é doação não, hoje em dia ninguém doa é nada!"

    Aí a senhora entrou na loja, pegou umas mini-barras de chocolate e saiu distribuindo para cada pessoa na fila, desejando feliz Páscoa!

    ResponderExcluir
  5. Lendo a sua estória do supermercado aconteceu a mesma coisa comigo. Semana passada perdi a minha carteira com duzentos reais, claro fiquei péssimo. Eis que me liga uma senhora dizendo ter encontrado a dita cuja ,claro que que sai correndo atrás dela. Resumo da ópera, me devolvel com o dinheiro!!! Ela não aceitou nem uma gratificação. NEM TUDO ESTÁ PERDIDO!

    ResponderExcluir